Florence Nightingale, a influenciadora de uma geração

Há exatos dois séculos nascia Florence Nightingale, considerada a “mãe” da enfermagem moderna. Na época em que viveu, ficou conhecida como “A Dama da Lâmpada”, pois percorria as enfermarias com uma lanterna na mão.

Nightingale nasceu em Florença, na Itália, mas era filha de ingleses. O desejo de cuidar dos enfermos despertou após uma viagem ao Egito. Contudo, por pertencer a uma família milionária e de costumes tradicionais, esperava-se que ela se casasse e tivesse filhos. Seus pais não viam com bons olhos essa escolha: até então, o papel da enfermeira era exercido por mulheres que estavam ajudando em outras tarefas no hospital e consideradas de categoria inferior.

Sua contribuição mais famosa foi durante a Guerra da Crimeia, no sul da Rússia, quando ela partiu com uma equipe de 38 enfermeiras voluntárias – treinadas por ela mesma – para ajudar a tratar os feridos. Voltou reconhecida como heroína nacional.

Mais perto do fim, se tornou a primeira mulher a receber a Ordem do Mérito, condecoração concedida para pessoas que prestaram serviços extraordinários. Morreu em agosto de 1910.

O impacto de seu trabalho ao longo da vida é de extrema importância, no mundo todo. Na próxima semana falaremos sobre a influência de Florence Nightingale na saúde atual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *